terça-feira , 12 dezembro 2017
Capa » Mídias » Tecnologia a serviço da Educação

Tecnologia a serviço da Educação

Clicando na sala

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) começará a usar Sistemas Pessoais de Respostas (SPR) em sala de aula.

Também conhecidos como clickers, os sistemas pessoais de resposta são pequenos aparelhos portáteis que permitem que os alunos respondam rapidamente a questões propostas pelo professor.

O software de controle do sistema permite ao professor visualizar imediatamente dados estatísticos dos resultados obtidos, aferindo o nível de compreensão da turma em relação ao assunto que está sendo ensinado.

Uso do clicker em sala de aula

Em um exemplo típico do uso do clicker em sala de aula, o professor projeta uma transparência com uma questão de múltipla escolha sobre o assunto dado em aula.

Em seguida, solicita aos alunos que respondam à questão, clicando no botão apropriado de seu aparelho.

Imediatamente o professor visualiza, em seu computador, gráficos mostrando a distribuição das diferentes respostas.

Avaliando a média das respostas, ele pode repetir uma explicação importante que pode não ter sido bem compreendida pela turma.

Por outro lado, caso a maioria das respostas esteja correta, o professor perceberá que o assunto já foi bem compreendido pela maioria dos alunos e seguirá com outro tipo de questões, ou dará andamento a outros temas da aula.

O clicker pode ser utilizado de outras maneiras, limitadas apenas pela criatividade do professor. O aparelho também pode ser usado de maneira combinada com notebooks, cursos online, telefones celulares etc.

Comparação de técnicas de ensino

Ao permitir a obtenção de respostas em tempo real do nível de compreensão do assunto pelos alunos, os SPRs, ou clickers, permitem a coordenação do ritmo da aula à audiência.

Além disso, é possível utilizar os dados obtidos, que ficam registrados no computador do professor, para realizar avaliações comparativas sobre a eficiência de diferentes métodos de ensino, diferentes ordenamentos da matéria, etc.

A Unicamp começará a usar os aparelhos em escala piloto, com a distribuição de 106 clickers entre docentes de duas unidades da universidade.

Nesta semana, um evento intitulado “Tecnologia e Ensino” dará aos professores as primeiras instruções sobre o uso dos aparelhos. O sistema não possui custo para os alunos.

Fonte: http://www.inovacaotecnologica.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE