terça-feira , 17 julho 2018
Capa » Saúde Integral » O Poder da Gratidão

O Poder da Gratidão

 

“Seja agradecido pelo que você tem e acabará tendo mais.
Se você se concentrar no que você não tem, nunca terá o suficiente.”
Oprah Winfrey

“Gratidão transforma o que você tem em suficiente.”
Melody Beattie

 

Há tempos o homem se pergunta qual o segredo da felicidade.

Eu tenho a minha resposta. Gratidão.

É o que funciona pra mim e creio que pode funcionar para você também.

Os nossos sentimentos são resultado daquilo que pensamos. Por isso estar feliz ou não é resultado do nosso pensamento.

Você pode pensar que está feliz ou que está infeliz. A decisão é sua.

O que nos atrapalha é que o ser humano é um ser insatisfeito por natureza.

Nunca estamos satisfeitos com o que temos ou somos. Sempre queremos mais. Ter mais dinheiro, melhor trabalho, uma casa melhor, um carro melhor, um corpo mais bonito.

Esse querer causa uma insatisfação pessoal que pois nunca chegamos lá.

E logo que conseguimos alguma coisa que queríamos já encontramos uma nova coisa que queremos e volta o sentimento de insatisfação porque não temos o que queremos.

A partir do momento que começamos a ser gratos pelo que temos e aceitar melhor o que não temos passamos a ser mais felizes e de bem com a vida.

Mas como adotar esse modelo mental?

Cultivando o poder da gratidão

Em vez de ficar pensando que o carro do outro que é carro de verdade, passe a agradecer o fato de você ter um carro lembrando-se que muita gente não dispõe desse conforto.

Em vez de reclamar que a comida estava ruim, agradeça o fato de você ter comida para comer tendo ciência de que muitos outros não têm.

Lembro de ver nos filmes de antigamente que na hora da refeição as pessoas antes de comer faziam uma oração agradecendo a Deus por aquela refeição.

Esse é um hábito fantástico que se perdeu com o tempo. Hoje raramente se vê isso em prática. Não conheço uma pessoa que tenha esse hábito de sempre agradecer antes de comer.

A partir do momento que você agradece pelas coisas que têm começa a dar mais valor a elas em vez de tomá-las por certo.

Isso ajuda também a semear uma reflexão interna de perceber o quanto a sua vida é abençoada por ter muitas coisas que outros não têm oportunidade de ter.

Mas quando falo em agradecer, me refiro àquele agradecimento interno, não o agradecimento em que você vai até uma outra pessoa e diz muito obrigado. Esse também é muito importante e mais adiante falamos sobre isso.

Neste momento o ponto em discussão refere-se àquelas horas em que você para e pensa consigo mesmo “Sou grato por ter uma casa para morar; Sou grato por ter comida para comer; Sou grato pela família que tenho etc.”.

Se você acredita em Deus pode fazer esse agradecimento à Deus durante o seu momento de prece todas as noites por exemplo. Esse é o formato que eu pessoalmente adoto.

Todas as noites faço a minha prece quando sempre inicio agradecendo por coisas da minha vida. Agradeço pela cama que tenho para dormir, o teto para morar, a comida para comer, a família que me ama.

Mais recentemente tenho pensado bastante sobre gratidão e pensamentos de gratidão me ocorrem durante o dia.

Já contei no outro post sobre o dia que estava no mercado e fiquei grato e feliz simplesmente pelo fato de poder enxergar e ver as pessoas, produtos e o ambiente a minha volta.

Sei que existem pessoas que não têm esse privilégio. Por isso, para mim, o simples fato de poder usufruir do sentido da visão é uma benção na minha vida.

Esse final de semana estava num bar com uns amigos e uma hora saí na frente do bar e novamente me veio esse pensamento de gratidão de poder enxergar, ver as cores e as pessoas transitando.

Meu pai sofre de mal de Parkinson. Uma doença terrível que paralisa os músculos do corpo aos poucos. Vejo quanto ele sofre com isso.

Recentemente ele fez uma cirurgia de implantação de um dispositivo no cérebro para melhorar nos sintomas da doença. Neste momento ele está em casa em fase de recuperação.

Ele era um homem super ativo que adorava trabalhar, vivia na rua fazendo as coisas dele. Uma pessoa super ativa que agora está com muitas limitações em função da doença.

O caminhar está difícil, comer é complicado, até o falar está prejudicado. Quando vejo tudo que ele está passando fico grato por ter o meu corpo funcionando perfeitamente e ao mesmo tempo grato por ele estar se recuperando e ficando melhor.

Também me sinto grato por poder ajudar a cuidar dele agora que ele está na se recuperando aqui em Porto Alegre e tenho tido a oportunidade de passar bastante tempo com ele ajudando minha mãe a cuidá-lo.

Gratidão em tempos difíceis

Vamos dizer que você ganhou uma promoção, comprou um carro novo, casou. Só felicidade.

Têm épocas na vida que as coisas vão bem. A vida está boa.

Mas agradecer quando as coisas estão indo bem é tarefa fácil. Difícil é ter a atitude de gratidão em momentos de turbulência na vida.

Todos nós passamos por momentos difíceis.

Pode ser por questão de doença, fim de um casamento, perda de uma pessoa querida ou pela perda do emprego por exemplo. Nessas horas tendemos a ficar com raiva e tristeza. Pensamento do “Por quê comigo?”.

Mas mesmo nesses momentos existe uma forma de enxergar o ponto positivo do qual você pode ser grato por ele.

Por exemplo, têm uma pessoa que faz parte da minha vida com quem tenho uma relação bem difícil e atribulada. Durante muito tempo agi com raiva nessa relação. Confesso que essa raiva ainda não passou e às vezes ainda me irrito muito.

Mas pelo menos hoje consigo perceber o benefício de ter esse problema. Encaro como sendo uma oportunidade de testar os meus limites e me ajudar a crescer. Agradeço por isso.

Outro dia li um texto que dizia que a graça de Deus está em enxergar beleza nas dificuldades. É justamente isso.

Já passei por algumas dificuldades na vida. Separação, perda do emprego, falta de dinheiro.

Muitas dessas vezes fiquei com raiva. Mesmo hoje dependendo do que acontece ainda fico. Afinal sou humano. A diferença é que creio que hoje aprendi a lidar melhor com as dificuldades e enxergar os pontos positivos nelas.

Encarar como uma oportunidade de crescimento e desenvolvimento pessoal. Algo que me torna mais forte. Me fazem evoluir como pessoa.

Vendo dessa forma me torno grato por esses problemas fazerem parte da minha vida. E essa gratidão me faz feliz mesmo durante esses momentos de turbulência.

Ser grato pelas coisas boas que acontecem na sua vida não significa que a vida é perfeita.

Pode ter diversos problemas e dificuldades. A questão é perceber o que têm de bom e ser grato por isso.

Em especial, se a sua vida está repleta de dificuldades, como uma doença por exemplo, enxergar que você tem alguém para ajudá-lo a enfrentar esse momento é um motivo para ser grato e abrir espaço para um pouco mais de felicidade no lugar da tristeza.

Benefícios da gratidão

Comentei acima como uma atitude de gratidão frente à vida pode nos tornar mais felizes. Mas esse não é o único benefício da gratidão.

Como se já não fosse o bastante, o poder da gratidão é ainda maior e pode fazer muito mais por nós.

Estudos revelam que a gratidão também é altamente benéfica para a saúde e para os relacionamentos.

Robert Emmons, é um cientista que estuda os efeitos da gratidão na vida das pessoas. Após estudos com mais de 1000 pessoas de idade entre 8 e 80 anos, encontrou que as pessoas que consistentemente praticam gratidão tiveram uma série de benefícios:

Físicos

  • Sistemas imunológicos mais fortes
  • Menor incomodação com dores
  • Menor pressão sanguínea
  • Mais exercício e maior cuidado com a saúde
  • Dormir mais e sentir-se com mais energia ao caminhar

Psicológicos

  • Maior nível de emoções positivas
  • Mais alerta, vivo e acordado
  • Mais prazer e alegria
  • Mais otimismo e felicidade

Social

  • Mais prestatividade, generosidade e compaixão
  • Mais perdão
  • Ser mais extrovertido
  • Sentir-se menos só e isolado

Um outro benefício da gratidão reportado por Emmons e que é muito relevante é que ela bloqueia sentimentos negativos como a inveja e o ressentimento.

O poder da gratidão pode até mesmo diminuir a frequência e episódios de depressão.

Mais ainda, a gratidão reduz a sua necessidade de ter controle sobre as coisas. Aquela vontade de que tudo têm que estar perfeito. Aquele sentimento de que as outras pessoas têm que agir da forma como você quer e você tem que ter as coisas que deseja para ser feliz se torna menos relevante pois você passa a focar na gratidão por ter aquilo que já tem e aprender a aceitar melhor aquilo que não tem e que não pode ser mudado.

Como cultivar gratidão

Comentei acima sobre o estudo de Emmons sobre gratidão.

Deixa eu falar um pouco sobre como ele diferencia as pessoas que praticam gratidão das que não praticam.

Diário

O método utilizado por ele é a criação de um diário da gratidão. Nele você diariamente escreve sobre coisas pelo qual é agradecido na sua vida.

Após um tempo fazendo isso o exercício de gratidão se torna um hábito na sua vida e começa a trazer os benefícios associados.

Na hora de registrar os motivos de gratidão no diário, acho que quanto mais específico melhor.

Até pode ser genérico também. Por exemplo, todos os dias ter o mesmo agradecimento do tipo “Sou grato pela minha saúde, família, ter uma casa para morar e comida para comer.” Isso já é ótimo e um grande passo adiante.

Mas acho interessante também agradecer por coisas específicas que aconteceram no dia. Algo do tipo: “Sou grato pela oportunidade de hoje poder ter levado meu filho para assistir um filme no cinema.”; “Sou grato pela conversa inspiradora que tive com um professor na faculdade.”; “Sou grato por ter encontrado no mercado aquele chocolate específico que fazia tempo que eu queria encontrar e não encontrava.”.

Enfim, pode ser mil coisas. Coisas pequenas que acontecem na sua vida naquele dia.

Mesmo que o dia tenha sido péssimo, alguma coisa de bom você pode encontrar para agradecer. Por exemplo, você pode simplesmente agradecer por ter transitado em segurança de casa até o trabalho.

Pegue pontos como esses e registre no seu diário de gratidão. Como registrar fica a seu critério. Você pode comprar um caderno ou uma agenda e escrever ali.

Se preferir pode criar um arquivo num editor de texto do computador ou até mesmo do celular e proteger por senha caso você não queira que outras pessoas tenham acesso ao seu diário.

Oração

Outra forma é agradecer em prece conforme comentei antes ser o meu método.

Para mim é a noite quando deito na cama antes de dormir. Faço minha prece fazendo meus agradecimentos e pedidos a Deus.

A única desvantagem que sinto nesse meu método é que não mantenho o registro dos meus agradecimentos.

Então se eu quiser voltar no tempo e ver pelo que eu agradecia no passado não tenho como saber. Por isso se também puder registrar ainda melhor.

Thank you cards

Uma outra prática muito interessante é escrever uma carta de agradecimento a uma pessoa que ajudou você de alguma forma. Se possível entregue a carta em pessoa.

Todo mundo gosta de receber um “muito obrigado” verbal. Mas acaba pode ser interpretado mais como um ato de educação do que uma verdadeira vontade de expressar gratidão.

Uma carta escrita é algo totalmente inusitado que a pessoa certamente não estará esperando. Têm um efeito muito maior e memorável.

Lembro de trabalhar numa empresa de origem norte americana em que tínhamos os chamados “Thank you cards”. Traduzindo significa “cartões de agradecimento”.

Eram pequenos cartões que ficavam distribuídos pelas mesas e facilmente disponíveis para quem quisesse utilizá-los.

A ideia básica era que quando alguém ajudasse você no seu trabalho você pegasse um dos thank you cards e escrevesse uma nota de agradecimento.

Até hoje lembro de ter recebido um cartão de agradecimento por ter ensinado um colega aprender sobre um software que eu tinha bastante conhecimento.

Se ele simplesmente tivesse dito “muito obrigado” estou certo que não lembraria da mesma forma pois assim como todos nós já ouvi muitos “muito obrigados” na vida (muitas vezes apenas por educação) e não lembro de todos.

Obviamente não estou advogando contra o “muito obrigado” verbal. Muito pelo contrário, quanto mais melhor. Faz parte do exercício de gratidão. O único ponto que quero fazer é que algo por escrito têm um diferencial.

Lembrancinha

Um presente também é outra ideia. Por exemplo, meu pai têm um médico excelente que trata a doença de parkinson dele.

O médico antigamente atendia pelo plano de saúde. Hoje em dia não atende mais, apenas particular. Mas disse à meu pai que iria continuar a atendê-lo sem cobrar. Ele faz isso até hoje.

Em agradecimento meu pai de vez em quando leva um bom presente para ele. Como por exemplo, uma garrafa de vinho de alta qualidade já que ele sabe que o médico gosta de vinho.

Concluindo

Sempre que possível expresse gratidão às pessoas responsáveis por ter proporcionado um momento de felicidade na sua vida.

Desde um simples muito obrigado até uma carta ou presente, fará bem para você e para quem recebe a gratidão. Uma ótima oportunidade de criar laços mais fortes com essa pessoa.

Em resumo, independente das dificuldades que você passa, nunca se esqueça de ser grato pelas coisas boas da sua vida e de agradecer às pessoas que fazem algo de bom para você.

É mais felicidade e energia positiva fluindo na sua vida e na vida das pessoas a sua volta também.

Por: Juan O’Keeffe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

This blog is kept spam free by WP-SpamFree.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE